Manuais
PHC GO Como colocar gráficos tarte
 
As Análises do PHC GO contemplam a possibilidade de incluir gráficos de vários tipos, o que em certos casos pode ser uma mais-valia pois irá enriquecer o seu conteúdo e facilitar a leitura dos dados extraídos nas mesmas.

Assim, este tópico irá explicar em detalhe como configurar uma análise com gráficos de tipo tarte através de um exemplo prático e irá terminar com a execução da mesma para observar o aspecto final do gráfico.
Notas

Para mais informações de configurações de outros tipos de gráficos em análises clique abaixo no tópico respetivo:

Configuração da análise com gráfico tarte


1. Configuração da análise com gráfico tarte



  1. Aceda ao menu localizado no lado esquerdo da página, e navegue até Configuração de análises ( Menu > Definições > Reporting );

  2. Pressione o botão Introduza configuração de análise;

  3. Preencha os seguintes campos:
     
    • Descrição da análise: Dívidas de clientes

    • Grupo: Clientes e Vendas
    • Nota

      O Campo Descrição da análise representa o título que a análise irá assumir. O campo Grupo serve para determinar em que agrupador se vai localizar a análise dentro do ecrã de Clientes.
    • Tipo: Normal
    • Notas

      Tem a possibilidade de construir até 6 Tipos de Análises, para mais informações sobre a forma como cada uma é configurada clique no link respetivo.


      • Normal

        Análises tipicamente construídas através de uma Expressão SQL ou através de programa em linguagem VB.NET.


      • Anual

        Análises para verificar o comportamento anual de uma entidade, por exemplo, a rentabilidade anual da empresa.


      • Mensal

        Análises para observar o comportamento de determinadas variáveis ao mês.


      • Extrato

        Análises para avaliar a evolução de um conjunto de movimentos com a apresentação do respetivo saldo.


      • Comparação Anual

        Análises que exibem dados comparativos entre dois anos selecionados pelo utilizador.


      • Ranking

        Análises que comparam dados num período de datas definido com um período homólogo, exibindo os dados ordenados por importância.

  4. No separador Detalhes o campo Descrição completa, serve para associar uma descrição sucinta do âmbito da análise. Na prática, esta descrição virá refletida quando executar a análise e passar com o cursor do rato sobre o icone localizado à direita do nome da análise.

    No exemplo da análise seria: A análise retorna a lista dos documentos de clientes por regularizar, englobando também os movimentos de conta corrente, introduzidos manualmente ou importados. Se ativar o campo ´Ignora regularizações posteriores´ irá observar as dívidas dos clientes à data escolhida no campo ´Data final´, caso existam regularizações posteriores a essa data, a análise irá ignorar as mesmas. Por último, pode determinar se a análise irá ou não contemplar faturas de adiantamentos.

    • É uma análise de ecrã: Sim
    • Nota

      Se o campo É análise de ecrã estiver ativado, então irá determinar que se trata de uma análise associada a um ecrã. Caso o campo esteja desativado, então a análise será considerada global, ou seja, que pode ser executada a partir do menu Análises e Listagens sem depender de nenhum ecrã.

    • Ecrã: Clientes

    • Plano mínimo: Selecione o plano Grow

  5. No separador Dados iniciais, preencha os seguintes dados:

      Número: 1
      Nome: Data inicial
      Tipo: Data
      Obrigatório: Sim
      v.d. data: -365 (trata-se do valor por defeito que assumirá a data inicial ao aceder à análise, o -365 representa o nº de dias de diferença para trás face à data atual)
      Tooltip: Data inicial para executar a análise.

      Número: 2
      Nome: Data final
      Tipo: Data
      Obrigatório: Sim
      Tooltip: Data final para executar a análise

      Número: 3
      Nome: Cliente
      Tipo: Tabela
      Opções:
      select uval from (select 'Todos os Cliente' as uval from cl (nolock) 
      union select distinct nome as uval from cl (nolock)) a
      ORDER BY CASE uval WHEN 'Todos os Cliente' THEN 1 ELSE 2 END, uval
      Lista é uma query: Sim
      Obrigatório: Sim
      v.d. texto: Todos os Cliente
      Tooltip: Indique o cliente para o qual quer que os documentos sejam exibidos. Caso queira mostrar os documentos de todos os clientes, deve selecionar o item ´Todos os cliente´ localizado no fim da lista.

      Número: 4
      Nome: Ignora regularizações posteriores
      Tipo: Lógico
      Obrigatório: Não
      Tooltip: Ao ativar este campo, irá observar as dívidas dos clientes à data escolhida no campo ´Data final´, caso existam regularizações posteriores a essa data, a análise irá ignorar as mesmas.

      Número: 5
      Nome: Mostrar Adiantamentos?
      Tipo: Lógico
      Obrigatório: Não
      Tooltip: Indique se também quer mostrar os adiantamentos.

  6. No separador Normal, preencha os seguintes dados:
    Informação

    A inclusão de um gráfico numa análise implica sempre a existência de código SQL ou em VB.NET relacionado com a grelha dos resultados, isto é, não é possível construir uma análise unicamente com um gráfico.

    • É uma expressão SQL: Sim

    • Código:

    • Declare @name as Char(170)
      Declare @noRegularizate as Int
      Declare @inicialDate as Date
      Declare @finalDate as Date
      Set @inicialDate = '#1#'
      Set @finalDate = '#2#'
      Set @name= '#3#'
      Set @noRegularizate = '#4#'

      select cc.ccstamp as stamp,
      case when cc.estab>0 then ltrim(rtrim(cc.nome))+' - '+convert(varchar(10),cc.no)+' - '+
      convert(varchar(10),cc.estab)
      else cc.nome+ ' - ' +convert(varchar(10),cc.no) end as nome,
      rtrim(cc.cmdesc)+' '+CAST(cc.nrdoc AS VARCHAR (10)) as documento,
      cc.datalc as data, cc.dataven as dataven,
      (cc.edeb-cc.ecred) as original,
      (cc.edeb-cc.edebf) - (cc.ecred-cc.ecredf) as saldo, datediff(dd,cc.dataven,getdate())as dias,
      CASE WHEN dataven>GETDATE() THEN 'Por Vencer' else
      case when cast(dataven as DATE)=CAST(getdate()as DATE) then 'Próprio Dia' else
      case WHEN dataven<GETDATE() THEN 'Vencida ' end end
      END as estado
      from cc(nolock)
      where (cc.origem='FT' or cc.origem='CC' or ('#5#' = '1' and cc.origem='RD'))
      and (@noRegularizate = '1' or (@noRegularizate <> '1' and ((cc.edeb-cc.edebf)-(cc.ecred-cc.ecredf))<>'0'))
      and cc.datalc>=@inicialDate and cc.datalc<=@finalDate
      and ('#3#' = 'Todos os Cliente' or ( '#3#' <> 'Todos os Cliente' and cc.nome=@name))
      order by nome, dataven asc,data asc

    • Colunas expressão SQL: stamp;nome;documento;data;dataven;original;saldo;dias;estado
    • Nota

      Este campo serve para indicar o nome das colunas que a expressão SQL retorna, separados por ponto e vírgula. É sensível a maiúsculas e minúsculas.
    • Tipo de dados para cada coluna: c;c;c;d;d;mb;mb;n0;c
    • Nota

      Os valores das colunas que a expressão SQL pode retornar são:

        n para valores numéricos,
        pct para percentagens,
        c para carateres,
        l para lógicos,
        d para datas,
        mb para moeda base,
        me para moeda estrangeira,

        Os diversos tipos que indicar neste campo, devem vir separados sempre por ponto e vírgula.

        Além disso, pode definir o tamanho de cada coluna. Para isso, após o tipo de dado de cada coluna deve acrescentar ":" seguido de um valor em pixéis. (Por exemplo mb:80)
    • Títulos das expressões SQL: stamp;Cliente;Documento;Data do Documento;Data de Vencimento;Valor Original;Por Regularizar;Dias;Estado
    • Nota

      Este campo destina-se ao preenchimento dos títulos das colunas que a expressão de SQL retorna, separados por ponto e vírgula. Estes títulos são aqueles que virão exibidos nas colunas da análise quando esta for executada na prática.
    • Calcula totais: Sim


    • Colunas a calcular: 6;7 (determina que serão totalizadores as colunas "Valor Original" e "Por Regularizar").


    • Utiliza agrupar: Sim


    • Campo agrupador: nome


    • Permite navegar para um ecrã: Sim


    • Nome da tabela a ligar: Contas Correntes de Clientes
      Ao preencher estes 2 últimos campos, estamos a determinar que a análise irá permitir navegação para registos de movimentos de conta corrente de clientes. As análises configuradas desta forma, quando executadas irão exibir ao fim da última coluna o icone que indica que é passível de navegação para um registo.
    Dica

    Caso queira saber mais informações de como configurar navegações para uma análise, pode aceder aqui
  7. No separador Gráficos é onde iremos configurar o gráfico a incluir na análise.

    • Tem gráfico: Sim


    • Tipo de gráfico: Tarte


    • Posição do gráfico em relação à grelha: Acima


    • Gráfico tem expressão própria: Sim


    • Código:

    • select '% de total em dívida vencido' as inf, 
      (isnull(sum((cc.edeb-cc.edebf)-(cc.ecred-cc.ecredf)),0) /
      (select sum(edeb-ecred-(edebf-ecredf)) from cc)) *100 as percentagem
      from cc (nolock)
      where (case when cc.moeda='EUR' or cc.moeda=space(11)
      then
      abs((cc.edeb-cc.edebf)-(cc.ecred-cc.ecredf))
      else abs((cc.debm-cc.debfm)-(cc.credm-cc.credfm)) end)>
      (case when cc.moeda='EUR' or cc.moeda=space(11) then 0.010000 else 0 end)
      and cc.dataven < convert(datetime,convert(char(10),CURRENT_TIMESTAMP,112))
      union
      select '% de total em dívida não vencido' as info,
      (isnull(sum((cc.edeb-cc.edebf)-(cc.ecred-cc.ecredf)),0) /
      (select sum(edeb-ecred-(edebf-ecredf)) from cc)) *100
      from cc (nolock) where (case when cc.moeda='EUR' or
      cc.moeda=space(11) then abs((cc.edeb-cc.edebf)-(cc.ecred-cc.ecredf))
      else abs((cc.debm-cc.debfm)-(cc.credm-cc.credfm)) end)>
      (case when cc.moeda='EUR' or cc.moeda=space(11) then 0.010000 else 0 end)
      and cc.dataven >= convert(datetime,convert(char(10),CURRENT_TIMESTAMP,112))

    • Colunas: inf;percentagem


    • Tipos para as colunas: c;pct


    • Títulos para as colunas: Estado;Valor


    • Coluna para série 1: 2


    • Coluna para série 2: 0


    • Coluna para dados: 2


    • Coluna(s) para legenda: 2


  8. No separador Áreas é necessário definir em que áreas a análise pode ser disponibilizada em função do tipo de acesso por área. Estas áreas estão diretamente relacionadas com os Perfis associados aos Utilizadores da aplicação. No exemplo selecione a área das Vendas.

  9. Pressione o botão Grave.

Execução da análise com gráfico tarte


2. Execução da análise com gráfico tarte



  1. Aceda ao menu localizado no lado esquerdo da página, e navegue até Clientes ( Menu > Clientes );

  2. Pressionar o tabulador Análises e Listagens;

  3. Pressionar o separador Clientes e vendas;

  4. Pressionar sobre a análise Dívidas de clientes.

O gráfico da análise terá o seguinte formato:


Videos relacionados: